Alcantara


alcantara-maranhao-3167

Os atrativos começam logo na descida do barco, no Porto do Jacaré e subindo a ladeira de mesmo nome, que conduz ao coração da cidade: o largo onde se encontram as ruínas da igreja da Matriz, a antiga cadeia e o pelourinho, ícones máximos das sociedades coloniais e escravagistas brasileiras.

alcantara-maranhao-8681

É possível também, a partir de Alcântara, fazer passeios de barcos por igarapés e visitar ilhas como Cajual, onde estão sendo descobertos valiosos fósseis. Quem tiver um pouco mais de tempo pode dormir na cidade.

Existem bares agradáveis para se degustar bebidas e comidas típicas. As noites de lua cheia, entre casarões e monumentos do passado, são inesquecíveis. É possível também se hospedar em Alcântara, onde existem várias pousadas e pequenos restaurantes que servem comidas típicas e bebidas à base frutas da região.

alcantara-maranhao-3523

Se você resolver passar a noite por lá e der sorte de pegar uma noite de lua cheia, terá a oportunidade de curtir a rara beleza de suas ruínas sob o luar. Museu Histórico e Artístico de Alcântara Praça da Matriz. Acervo ilustra a opulência da cidade quando esta era habitada por ricos barões. Pelourinho Praça da Matriz. Um dos mais importantes atrativos de Alcântara.

42695med3315754-pelourinho-em-alcantara-ma

Decorado com as armas do império, é hoje o mais bem conservado do país. Casa de Câmara e Cadeia Praça da Matriz. Prédio do final do século XVIII, onde antigamente funcionava a cadeia. Hoje é sede da Prefeitura. Praça da Matriz Largo quadrangular cercado de casarões, abrigando o pelourinho e as ruínas da igreja de São Matias. Suas árvores são centenárias. Casa do Imperador Rua Grande. Construção inacabada. O prédio hospedaria o imperador D. Pedro II, em uma visita que nunca faria à Alcântara. Igreja e Convento do Carmo – Em estilo barroco, o conjunto é remanescente do século XVII. Mais de cem anjos esculpidos em talha dourada ornamentam seu altar. Casa do Divino Rua Grande, s/n. Parte das festividades do Divino Espírito Santo é realizada neste casarão restaurado. Nas suas dependências estão expostas mesas, altares e instrumentos utilizados durante as comemorações.

alcantara-maranhao-3281

O evento mais importante da cidade é a Festa do Divino, que acontece no mês de maio com duração de 12 dias e atrai muita gente. Quem permanecer na cidade por mais de um dia pode (e deve!) aproveitar para fazer os passeios de barco que levam aos igarapés e à ilha de Cajual, um importante sítio arqueológico, onde foram descobertos numerosos fósseis. Outra possibildiade é visitar a Ilha do Livramento (travessia de dez minutos a partir do Porto do Jacaré). História História.. Mais de 350 anos se passaram desde o surgimento da aldeia de índios (Tapuitapera) à histórica Alcântara.

alcantara2

Os costumes da cidade, que ficou famosa pela promessa de visita do Imperador Dom Pedro II, surgiram da mistura de raças. De um lado, a aristocracia branca instalada em imponentes casarões datados do século XVIII, do outro os serviçais negros, cuja influência é notória na cultura do município (são mais de 250 comunidades remanescentes de quilombos), além da contribuição do índio com o surgimento da aldeia, ainda no século XVII. Alcântara é conhecida nacionalmente como Patrimônio Histórico Nacional, desde a década de 40. A riqueza arquitetônica e os costumes de sua gente são os atrativos turísticos mais divulgados daquele pedaço de continente. A aproximação com São Luís, apenas uma hora de barco, levou à prática de um turismo “bate-volta”, ou seja, o visitante chega pela manhã, passeia somente pelo centro histórico e retorna à tarde. Desestimular tal prática tem sido o principal desafio da Administração Municipal e de empresariado instalado em Alcântara. Além do patrimônio arquitetônico, Alcântara oferece atrativos que se encaixam no Ecoturismo. É o caso das “Trilhas na Lama”, ou Siriguejo, onde o turista se aventura por uma caminhada nas raízes do mangue, buscando o equilíbrio e gastando calorias. Uma caminhada de aproximadamente 20 minutos na lama equivale a quase uma hora em calçadão liso.

Comentários